8 coisas que todo gremista precisa saber sobre a Recopa

Tá chegando a hora da primeira final da temporada e aqui vão 7 coisas que todo gremista precisa saber para assistir ao primeiro jogo da final.

1 – Nem sempre a Recopa teve o mesmo formato

A Recopa Sul-americana começou a ser disputada em 1989 e o primeiro campeão foi o Nacional do Uruguai, que passou por cima do Racing, o maior do Independiente. No início a disputa era entre o campeão da Libertadores e o campeão da Supercopa. De lá pra cá já rolaram várias mudanças no formato, com direito a um intervalo sem disputas (1998 – 2003) e finais em um jogo só, no Japão, por conta do patrocinador da época.

2 – Nós já ganhamos uma Recopa deles

E falando em Recopa no Japão, foi lá mesmo que o Grêmio faturou o caneco em cima do rival de quarta-feira. Naquela fria tarde na cidade de Kobe, demos uma chinelada de 4×1 no Independiente, na época atual campeão da extinta Supercopa, com gols de Jardel, Carlos Miguel, Adílson e Paulo Nunes.





Confira os gols da partida aqui:

3 – Já perdemos uma final de Libertadores pra eles

Nem sempre demos chinelada nos vermelhos de Avellaneda. Em 1984 deixamos escapar o bi da Libertadores em uma final apertada contra o Independiente. Perdemos o primeiro jogo no Olímpico, por 0x1, e na volta não passamos de um 0x0 em Avellaneda.

Confira a partida de ida aqui:

Confira a partida de volta aqui:

4 – Rei de Copas x Rey de Copas

Se o Grêmio é Copero e Rei de Copas nas bandas de cá. No lado argentina o rojo de Avellaneda é quem leva a fama, com 17 títulos internacionais. Tem muita tradição em campo nessa quarta.

5 – Essa é a final que mais se repetiu em competições sul-americanas

Isso mesmo, apenas Cruzeiro e River Plate, que já se enfrentaram 3 vezes em finais sul-americanas, e nas 3 vezes deu Cruzeiro. É também a primeira vez que uma final da Recopa se repete.

6 – O estádio deles tem nome de Copa

Os caras são tão coperos que o nome do estádio é Libertadores de América. O atual estádio foi construído em 1928 e totalmente remodelado no ano de 2008, com atual capacidade de mais de 50 mil pessoas.





7 – Não vai ter gol fora vale 2

Pois é, o velho e bom golzinho fora que vale em dobro não vai rolar na final da Recopa. Ganha que fizer mais pontos. Se empatar, vale o saldo de gols. Empatou? Prorrogação, penaltis e aquele deus nos acuda todo.

8 – Eles vem pro jogo mais vermelhos do que nunca

A Puma, patrocinadora do Rojo, lançou uma edição comemorativa com uma camisa 100% vermelha. Não escapou nem o escudo do time. É tão vermelho que eu me recuso a postar aqui no site. Prato cheio pros secadores de plantão.

Quem venha o Rojo, vamos pra cima deles em busca de mais uma Copa!

Dale Grêmio! Sempre!

L.Mayer
Casadoimortal.com



Deixe uma resposta