André ressalta estreia com gol e vitória: “Começar bem faz toda a diferença”




Melhores momentos: Cruzeiro 0 x 1 Grêmio pela 1ª rodada do Campeonato Brasileiro 2018

Foram 70 dias longe dos gramados sem partidas oficiais. Todo um imbróglio entre Sport e Grêmio para a negociação, enfim, ser concretizada. E um jejum de gols que vinha desde 30 de janeiro. Pois o jejum de jogos e gols acabou: o atacante André estreou no Grêmio da melhor maneira possível, com um gol decisivo e uma vitória por 1 a 0, obtida neste sábado, na casa do Cruzeiro, na primeira rodada do Brasileirão.

Após o jogo, com o triunfo obtido mesmo com um homem a menos – André deixou o campo após 76 minutos, para a entrada do zagueiro Bressan -, o camisa 99 enfatizou a importância do começo com vitória. E dedicou o gol aos companheiros.

André, fora de campo há 70 dias, voltou com gol e vitória (Foto: Yuri Edmundo/BP Filmes)

– Voltar a jogar depois de muito tempo é muito importante, e começar fazendo gol… Mas o mais importante é ajudar o Grêmio a vencer. Começar bem faz toda a diferença, e é só o início de um grande trabalho aqui no Grêmio. O grupo aqui é muito bom, fui muito bem recebido, e estou trabalhando a questão física, ainda falta um pouquinho. Esse gol que fiz foi para eles, por me receberem bem – destacou.

O único gol da partida no Mineirão saiu aos dez minutos do segundo tempo. Após bom lance na linha de fundo, Ramiro cruzou, Everton deu uma casquinha e o centroavante completou na pequena área. Vinte minutos depois, com Kannemann expulso e André já mostrando um certo desgaste, o camisa 99 deixou o campo para a entrada de Bressan.

Foi o primeiro triunfo do Grêmio no Mineirão pelo Brasileirão em 20 anos. Vitória essa que veio mesmo com um a menos e com poucos momentos de real sufoco do Cruzeiro: Marcelo Grohe só teve de trabalhar uma vez, nos acréscimos. A troca de passes e a permanência com a bola foram enfatizadas pelo volante Arthur após o apito final, assim como um certo “perdão” a Kannemann, expulso por falta em Arrascaeta.

André voltou a balançar as redes após quase três meses (Foto: Yuri Edmundo/BP Filmes)

– É uma virtude do nosso time, além da raça e a pegada que já é característica do Grêmio. Aperfeiçoamos algumas coisas, como o passe e a posse de bola. O mais importante foi a vitória. A gente sabe que perder um jogador é muito ruim, mas não tinha o que fazer. Ele pensou em todo grupo e fez a falta pra não sofrermos o gol. Ele está de parabéns. Tivemos de utilizar a inteligência porque com um a menos não é fácil – comentou.

Depois de vencer o Cruzeiro, o Grêmio volta a jogar fora de casa na próxima terça-feira, pela Libertadores. O desafio é o Cerro Porteño, em Assunção, valendo a liderança do grupo 1. Pelo Brasileiro, o Tricolor encara o Atlético-PR no domingo, dia 22, na Arena.