Aos 86 anos, morre o ex-presidente do Grêmio Fábio Koff




O Grêmio perdeu nesta quinta-feira (10) o homem que se tornou sinônimo de vitória no clube. Multivencedor, o  ex-presidente Fábio André Koff, 86 anos, morreu às 7h20min no Hospital Moinhos de Vento,  com um quadro de infecção generalizada. A morte foi informada pelo narrador Pedro Ernesto Denardin no programa Gaúcha Hoje.

Conforme boletim médico, o dirigente ingressou no hospital no dia 3 de maio após apresentar mal estar e febre. Os exames detectaram que Koff estava com anemia severa e abscesso hepático. Sem dar resposta satisfatória à medicação e às outras medidas médicas, ele foi transferido na segunda-feira (7) para o Centro de Tratamento Intensivo (CTI), onde morreu nesta manhã. 

Nascido em em 13 de maio de 1931, em Bento Gonçalves, teve o primeiro contato com o Grêmio no final dos anos 1930. Em Garibaldi, Koff escutava os jogos do time em um rádio no Café Possobon, próximo à residência da família.

Leia a notícia completa em:

Aos 86 anos, morre o ex-presidente do Grêmio Fábio Koff