Daniel Matador – Queimando o solado na grama de plástico




São José 2 x 0 Grêmio O potreiro sintético do Passo D’Areia foi o lamentável palco do jogo deste domingo.
Caros

Mais uma vez o tricolor foi “premiado” com um jogo em um domingo escaldante no gramado sintético do Estádio Passo D’Areia. Só quem já jogou nessa naba para saber o quanto é ruim atuar nesse tipo de piso. Principalmente para um time que está acostumado com o gramado quase perfeito da Arena. E, coincidentemente, só o Grêmio é “sorteado” para jogar durante o dia nessa engronha.

— Odorico Roman (@icoroman) 27 de janeiro de 2018
O técnico César Bueno fez algumas alterações em relação ao time de transição que vinha atuando nas primeiras rodadas do ruralito. Bruno Grassi seguiu no gol. Madson se manteve na lateral direita, enquanto na esquerda Guilherme Guedes deu lugar a Léo Gomes. Na zaga, Paulo Miranda e Mendonça repetiram a dupla que vinha atuando. No meio

Leia a notícia completa em:

Daniel Matador - Queimando o solado na grama de plástico