Geromel mostra confiança após convocação para a Copa: “Se tiver que jogar, sei que dou conta do recado”




Geromel fala sobre convocação, Grêmio e Kannemann

Pedro Geromel é um dos 23 jogadores convocados por Tite para defender o Brasil na Copa do Mundo da Rússia. Ele disputa espaço com Miranda, Marquinhos e Thiago Silva, jogadores que neste momento levam vantagem sobre ele na disputa pelas vagas.

– Estou indo para ajudar no que for necessário. Estou preparado, trabalhei para chegar aqui, tenho 32 anos, mas nunca me senti tão bem. Se tiver que jogar, sei que dou conta do recado (…). Fazer o meu melhor em prol do que a Seleção precisar – declarou o jogador, em entrevista ao Seleção SporTV.

O goleiro Marcelo Grohe, o volante Arthur e o atacante Luan são outros atletas do Grêmio que estavam cotados para a convocação final. Nenhum dos três apareceu na lista de Tite, o que não tira o mérito de Geromel, mas causa comoção no grupo.

– A gente estava na Venezuela, e o Marcelo estava com a gente, mas os outros que poderiam eram Luan e Arthur, que ficaram em Porto Alegre. Assim que chamou meu nome, a primeira pessoa que falei foi o Marcelo, dei um abraço, agradeci por tudo, falei para ele continuar trabalhando. Vou rever os outros dois só agora, mas a sensação de frustração deve ter rolado, sim – lamentou.

Geromel também falou sobre a importância do momento do Grêmio para sua convocação, a surpresa quando ouviu seu nome e a parceria com o zagueiro Kannemann, que não apareceu na lista dos 35 atletas da Argentina para irem à Copa.

Geromel em participação no Seleção SporTV (Foto: Reprodução)

Leia a notícia completa em:

Geromel mostra confiança após convocação para a Copa: "Se tiver que jogar, sei que dou conta do recado"