Grêmio nunca superou argentinos após derrotas no jogo de ida da Libertadores




JAVIER GONZALEZ TOLEDO / AFP

Diante do Estudiantes, no dia 28 de agosto, o Grêmio buscará reverter a derrota de 2 a 1 sofrida nessa terça-feira. No duelo, o Tricolor lutará contra o histórico negativo em confrontos eliminatórios com argentinos. Em 36 anos de participações na Libertadores, o clube gaúcho nunca conseguiu superar uma equipe da Argentina depois de sofrer um revés no jogo de ida.

“Entramos no jogo do Estudiantes e esse, o da catimba, não é o nosso jogo. Falei que deu um branco porque o Grêmio procurou fazer uma coisa que não está acostumado, a catimba. Entrou no jogo do adversário. Jogamos futebol e buscamos o resultado positivo sempre. Falei para eles, saiam de querer competir em termos de malandragem. Sejam malandros no momento certo. (…) Tinha alertado, mas eles entraram desatentos. Apesar da derrota, o Grêmio está vivo. (…) Conheço meu grupo, a partida na Arena será

Leia a notícia completa em:

Grêmio nunca superou argentinos após derrotas no jogo de ida da Libertadores