Grêmio recebe valor antecipado por Arthur e não teme desistência do Barcelona




O Grêmio receberá uma quantia antecipada do Barcelona pela opção de compra do volante Arthur, oficializada pelos dois clubes nos últimos dias. O valor gira em torno de 5 milhões de euros (cerca de R$ 20 milhões, na cotação atual), mas não é confirmado oficialmente pelo Tricolor. Esse é um dos motivos que fazem o clube gaúcho ter segurança de que os espanhóis não desistirão do negócio no meio do caminho, dúvida que ficou no ar após declarações do técnico do Ernesto Valverde na Espanha.

No último domingo, o Barcelona anunciou oficialmente que chegou a um acordo com o Grêmio para ter a prioridade na compra de Arthur por 30 milhões de euros (R$ 120 milhões) e mais 9 milhões de euros (R$ 36 milhões) em variáveis, dependendo dos objetivos atingidos pelo volante no Camp Nou. O motivo da “opção de compra” e não a compra efetiva é o fair play financeiro da Uefa, que faz com que o clube catalão tenha cautela para anunciar a contratação.

Pelo regulamento implantado no futebol europeu a partir de 2011, o Barça – e todos os clubes que disputam as competições europeias – não pode estrapolar o limite de gastos, que é de 5 milhões de euros além do que o clube arrecada a cada três anos. E embora tenha recebido mais de R$ 800 milhões na venda de Neymar para o PSG, o clube espanhol também gastou uma quantia vultuosa nas contratações do francês Dembélé e dos brasileiros Philipe Coutinho e Paulinho, por exemplo.

Arthur voltou aos gramados na semana passada (Foto: Lucas Uebel / Grêmio, DVG)

A antecipação de um valor ao Grêmio, porém, não garante a compra final: Arthur pode vir a não ser jogador do Barcelona se os espanhóis não confirmarem a aquisição até 15 de julho, quando a temporada europeia já terá acabado e a janela de transferências por lá estará aberta. É muito improvável, mas pode acontecer de o Barça não pagar o restante do dinheiro pelo jogador. Se isto ocorrer, o Grêmio terá direito a ficar com Arthur e também com o dinheiro já antecipado.

– Não temos que ir tão depressa. É verdade que estamos o seguindo há muito tempo. Veremos se executaremos ou não a opção (de compra). É um jogador interessante e com futuro – destacou Ernesto Valverde, técnico do Barcelona, na entrevista coletiva antes de encarar o Chelsea, nesta quarta, pela Liga dos Campeões da Europa.

Até julho, com a prioridade para o Barcelona, o Grêmio não pode negociar Arthur com qualquer outro clube. Porém, depois disso, caso os europeus não confirmem a opção de compra, aí sim o camisa 29 gremista poderia abrir negociações com outras equipes. A tendência, porém, é de que os catalães exerçam a prioridade e deixem o volante no Grêmio até o final de 2018.

Leia a notícia completa em:

Grêmio recebe valor antecipado por Arthur e não teme desistência do Barcelona