Gremista faz campanha para tratar câncer e ganha ajuda de atletas de Grêmio e Noia




Homem luta contra câncer e conta com ajuda do Novo Hamburgo

Uma queda de moto, uma dor muito forte, alguns exames em hospital e a descoberta que ninguém gostaria de ter. Câncer. Essa foi a sequência que deu início a uma batalha para o torcedor Thiago Utzig, 34 anos, na luta por conseguir tratamento para a doença. Gremista e simpatizante do Novo Hamburgo, Thiago lançou uma campanha para arrecadar fundos para o tratamento – ele ainda aguarda na fila do SUS, há quase um ano (confira a reportagem acima).

A luta começou no ano passado, com o diagnóstico. Depois, veio a batalha para ser chamado para o tratamento. A médica que o atendeu classificou o caso como urgentíssimo, mas, mesmo assim, a espera vem desde agosto. De lá para cá, o torcedor vendeu moto, geladeira, televisão, entre outros bens, para conseguir juntar o dinheiro para a radioterapia. Até uma camisa usada por Jardel na Libertadores em 1995 e guardada como relíquia acabou leiloada.

O caso, então, chegou ao Novo Hamburgo através de Preto, capitão do título gaúcho do Noia no ano passado e amigo de infância de Thiago. O meia fez uma vaquinha entre seus companheiros de time para ajudar o amigo. Aí, foi lançada oficialmente a campanha #MeAjudeAVencerOCâncer, que pretende arrecadar R$ 25 mil para o tratamento. É possível contribuir neste link.

Depois do Noia, a história também chegou ao Grêmio – o capitão Maicon e o goleiro Marcelo Grohe gravaram depoimentos de ajuda e divulgação da campanha. Mas a luta de Thiago prossegue. O torcedor espera arrecadar o dinheiro, tratar-se, superar o câncer e seguir sua vida, com o clube do coração, o Grêmio, e o clube “emprestado”, o Novo Hamburgo.

– Tô lutando para continuar vivo – resume o torcedor.

Leia a notícia completa em:

Gremista faz campanha para tratar câncer e ganha ajuda de atletas de Grêmio e Noia