Matemática do G-4: o que o Grêmio precisa para se garantir na fase de grupos da Libertadores




Mesmo que o discurso no Grêmio seja o de ainda buscar o título do Brasileirão, há uma prioridade na competição nacional: garantir a vaga direta na fase de grupos da Libertadores, independentemente dos resultados atuais na competição sul-americana. Na quinta colocação, o Tricolor sabe que precisa aumentar a produção para chegar ao G-4, devido ao grande equilíbrio na ponta de cima da tabela, a nove rodadas do fim da competição.

Atualmente, os gaúchos estão em quinto no Brasileirão, com 51 pontos, oito atrás do líder Palmeiras. Em uma tabela equilibrada, o Tricolor também está atrás de São Paulo (52), Flamengo (55) e Inter (56).

Mas o que o Grêmio precisa fazer para encerrar o Brasileirão no G-4? Abaixo, um Raio-X do cenário gremista.

Renato Gaúcho e Léo Loura — Foto: Lucas Uebel / Grêmio, DVG

Conforme a média dos pontos corridos – desde 2006 –, o número “mágico” para chegar no G-4 é 63 pontos. Neste caso, o Tricolor precisaria somar mais 12 pontos em nove rodadas, ou 44%. Claro que há possibilidade de variação, sobretudo pelo equilíbrio em relação aos principais rivais.

O Aproveitamento do quarto colocado São Paulo, hoje, é de 59.8%. Ou seja, se esse aproveitamento se mantiver, o clube paulista encerraria a competição com 68 pontos. Nesse cenário, o Grêmio precisaria somar mais 17 pontos, ou 62% (confira números na tabela abaixo).

Projeção para G-4 e vaga direta na Libertadores

Projeção Pontuação após 38 rodadas Do que o Grêmio precisa Média dos pontos corridos 63 pontos 12 pontos em nove rodadas, ou 44% Aprov. do atual 4º (São Paulo) 68 pontos 17 pontos, ou 62% Departamento de Matemática da UFMG 67 pontos 16 pontos, ou 59%

Conforme levantamento do matemático Tristão Garcia, do site Infobola, o Grêmio tem 46% de chances de se garantir na fase de grupos em 2019. Já nas probabilidades do Departamento de Matemática da UFMG, a “pontuação mágica” é de 67 pontos. Portanto, para isso, o Tricolor precisa pelo menos 59% nas 9 rodadas restantes.

Desafio maior com reservas

O desafio no Tricolor será ainda maior, graças a disputa da Libertadores – o time abre as semifinais com o River Plate na próxima terça-feira. Por conta disso, Renato Gaúcho tem utilizado reservas em vésperas de jogos importantes. Será assim neste sábado, no duelo contra o América-MG, às 16h, no Independência.

Pontuação do 4º lugar nos últimos Brasileirões

Clube Pontuação Temporada Grêmio 62 2017 Atlético-MG 62 2016 São Paulo 62 2015 Corinthians 69 2014 Botafogo 61 2013 São Paulo 66 2012 Flamengo 61 2011 Grêmio 63 2010

Os principais atletas gremistas nem mesmo viajaram para Belo Horizonte. A prioridade total é recuperar o grupo fisicamente. Marcelo Grohe e Bruno Cortez estão recuperados e praticamente confirmados para terça. Por outro lado, Léo Moura (desconforto na panturrilha esquerda), Ramiro (lesão no joelho direito), Everton (lesão muscular na coxa direita) e Luan (fascite plantar) preocupam.

A tendência é que o Grêmio

Leia a notícia completa em:

Matemática do G-4: o que o Grêmio precisa para se garantir na fase de grupos da Libertadores