O retorno da minha verdadeira paixão





E a Copa do Mundo 2018 se foi. Para os apaixonados por futebol, como nós, podia até ter durado um pouco mais. Se foram as seleções que eu sequei; se foram as que “me gustaria” que tivessem levantado a taça… venceu a que poucos sentimentos me despertou, porém, a que devo reconhecer, teve os méritos.

Mas não pensem, meus amigos, que estou triste ou saudosa. Estive assim, justamente neste período de ápice do futebol mundial. Explico: o GRÊMIO! Deste sim, senti uma falta louca. Dos jogos na Arena, do entorno, dos pré e pós jogos. Dos papos de GRÊMIO, dos palpites. Do churras… da amizade, do trago e do alento.

Ah este coraçãozinho TRICOLOR já não aguentava a saudade do brilho do meu olhar ao ver o brilho dos olhares GREMISTAS. Chegava a sonhar com o momento de estar na cancha novamente. Não adianta, o futebol que me toca de

Leia a notícia completa em:

O retorno da minha verdadeira paixão