Retrospectiva Grêmio 2018: O jogo para cardíaco do ano




Não à toa o Grêmio tem o apelido de imortal. Somos capazes de reverter situações que estavam já perdidas. E foi assim na Libertadores deste ano. Nas oitavas diante do Estudiantes, após perder na Argentina por 2 a 1, o Tricolor devolveu o placar na Arena e conquistou a vaga nos pênaltis. Mas, o segundo gol veio no último lance da partida. Foi teste para cardíaco!

Relembre o jogo:

Leia a notícia completa em:

Retrospectiva Grêmio 2018: O jogo para cardíaco do ano