Vico se choca com Marinho e sai carregado de treino do Grêmio




O trabalho promovido pelo técnico transcorria entre duas equipes em campo reduzido, por vezes um contra um, dois contra dois, três contra três ou até quatro contra quatro. Foi em uma destas disputas que o atacante desabou. Após o choque, Marinho se aproximou para amparar o parceiro, bem como Geromel e Marcelo Oliveira.

O médico Márcio Dornelles e o estafe entraram em disparada no gramado para analisar a situação. Vico precisou ser levado por três tricolores para que a atividade retornasse, enquanto o carro o retirava do local. Na sequência, Dornelles e o diretor-médico, Saul Berdichevski, também rumaram para as dependências para examinar o jogador.

Em campo, Renato não esboçou a equipe que pretende escalar contra o Palmeiras. Marcelo Grohe, que se recupera de uma lesão muscular na coxa direita, Léo Moura, que tem um desconforto na panturrilha esquerda, e Cortez, com um trauma no tornozelo esquerdo, correram pelos campos do complexo. Por outro lado, Ramiro, que apresentou uma entorse no joelho direito, e Everton, que sofreu o mesmo problema de Grohe, permaneceram no vestiário.

O Grêmio volta aos trabalhos nesta sexta-feira. A atividade está marcada para a parte da manhã no CT Luiz Carvalho. No sábado, ocorre o último exercício em Porto Alegre, com viagem a delegação a São Paulo no inicio da tarde. A partida com o Palmeiras será disputada no domingo, às 16h, no Pacaembu. Atualmente, os gaúchos ocupam o quinto lugar, com 51 pontos, cinco atrás do Verdão, que segue na ponta.

Leia a notícia completa em:

Vico se choca com Marinho e sai carregado de treino do Grêmio